quinta-feira, 4 de maio de 2017

Jogaram uma bomba numa manifestação de direita. O que a imprensa teria dito se fosse o contrário?

No dia 02 de maio de 2017 ocorreu uma manifestação contra a nova lei de migração. A manifestação foi organizada pelo grupo Direita São Paulo. Durante a manifestação foi lançada uma bomba contra os manifestantes. Vou repetir: lançaram uma bomba contra manifestantes de direita que realizavam um ato pacífico. Vejam como o evento foi noticiado na imprensa:

1) G1: Protesto contra a Lei de Migração tem confusão e prisões em São Paulo

2) OGLOBO: Um palestino e um sírio são detidos após confusão em marcha anti-imigração em SP

3) Folha de São Paulo: Palestinos são presos após confronto com direita anti-imigração em SP

4) Estado de São Paulo: Ato contra Lei de Migração termina com prisão de dono do Al Janiah

5) VEJA: Presos em briga com grupo anti-imigração são soltos em São Paulo

6) Brasileiros: Ativistas palestinos detidos em manifestação contra-imigração já estão em liberdade

7) O Dia: Manifestação anti-imigração em São Paulo acaba em confusão

8) El Pais: Protesto da direita anti-lei de migração incorreu em crime, diz especialista

9) BAND: Detidos em manifestação contra Lei de Migração são soltos

10) Forum: Palestinos são agredidos e presos em manifestação de direita anti-imigração em São Paulo

Vocês conseguem imaginar se fosse o contrário? Vocês conseguem imaginar a reação da imprensa se um grupo de direita atacasse com uma bomba uma manifestação da esquerda? Olhem novamente as manchetes acima. Veja como a imprensa tratou desse ataque covarde, MESMO TENDO IMAGENS DA BOMBA LANÇADA CONTRA OS MANIFESTANTES DE DIREITA.

Por favor, compartilhem esse post. Peço isso pois cedo ou tarde alguém irá reagir a esses ataques, e quando isso acontecer a imprensa irá culpar a intolerância da direita pelo crescimento da violência. Esse post PROVA E DOCUMENTA que os ataques físicos da esquerda contra quem pensa diferente já começaram.

Deixemos registrado para a história que manifestações pacíficas da direita foram covardemente atacadas. Essa não foi a primeira vez que isso ocorreu. Durante o acampamento pró-impeachment também ocorreram ataques de representantes da esquerda contra quem queria o impeachment. Mas, novamente, a imprensa tratou o tema com a cordialidade de sempre para com a esquerda. A greve geral, realizada por sindicatos dia 28/04, mostrou o que parte da imprensa finge em não ver: os movimentos de esquerda usam e abusam da violência em seus atos.

A conivência de grande parte da imprensa com a violência dos grupos de esquerda é notória. Vamos divulgar esse post e deixar registrado para a história que a violência da esquerda começou muito antes de qualquer reação da direita. Basta de tolerar e silenciar sobre a violência da esquerda!




Um comentário:

Rodrigo Taira (平) disse...

A maioria dos títulos traz o protesto como sendo Anti-Imigração. Isso por si só já mostra a desonestidade da mídia convencional. Uma coisa é ser contra a imigração (anti-imigração) - "Imigração" é um termo generalista; outra, bem diferente, é ser contra uma lei específica (uma péssima lei, diga-se de passagem) que trata da imigração. Em suma, quer colar um rótulo xenofóbico aos manifestantes.
.
Uns dizem que houve confusão, sem deixar claro quem criou a "confusão", ao passo que tantos outros dão a entender que os manifestantes é quem a promoveram.
.
O último conseguiu ser pior, pois, reuniu tudo que está dito acima e ainda inverteu a relação agressores x agredidos.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email